02/11/2008

4:08 - WHAT A CONCERT COLISEUM ON FIRE!


O cantor britânico WEIRD com estatuto de lenda presenteou-nos com a sua potentíssima e distinta voz, temas como Strange Kind of Love, Indigo Eyes e All Night Long, Time has got nothing to do with it, Cuts you up, entre outros, nunca esquecendo os temas míticos dos Bauhaus, como She's in Parties e também “Hurt”, dos NIN.
Expoente máximo da música independente e ainda uma das maiores referências do rock alternativo, terminou na semana passada o novo álbum a solo em colaboração com os Nine Inch Nails, que será editado no início do ano. Foram tocados 3 ou 4 temas.
Depois de três encores, a noite termina com um Peter Murphy eufórico, a deixar cair o suporte do microfone, a cantar, a tocar guitarra e "gaita", voltando a fechar a noite de forma melodiosa, mas sem deixar em absoluto o registo alternativo, pontuado pela colossal voz.
Foi unânime, o PM apagou por completo os rapazinhos que tocavam com ele, pode ser que se façam com o tempo… o som também não colaborou. Venham os Sisters Of Mercy à sala enigmática de Lisboa.

2 comentários:

IM disse...

Pois...já sei que foi um grande concerto...tonight is my night, tonight is my turn!!! Estou em pulgas...(amanhã lá vou eu sem voz para as aulas, mas com um sorriso até às orelhas!!).
Quanto aos Sisters, já não sei se penso o mesmo...eu vi-os no Marés Vivas e não estiveram em grande, muito pelo contrário...por outro lado, a antipatia natural do A.Eldritch tem crescido a olhos vistos, ao contrário aqui no Mr. Peter Murphy que é sempre um gentleman...

AO disse...

PM é magnífico, respira pura CLASSE! Um Senhor em palco!!
Pena que o som não estivesse grande coisa no Coliseu...
Ofereceu-nos 3 encores com uma presença e voz inconfundíveis, somente ao nível de alguns, mto poucos, iluminados.
Foi a quarta vez que assisti a um concerto de PM/Bauhaus e é sempre como na primeira vez... inesquecível! Que volte em breve :)))