10/11/2010

Mosteiro dos Jerónimos - Passo tantas vezes à porta que um dia destes vou entrar.


Sempre que tenho um bocadinho de tempo, desço a rua e dirijo-me ao CCB. Carregado com o meu portátil faço o troço até ao planetário. Espreito a vitrine da Galeria Arte Periférica com ar de quem percebe imenso de arte.. já perto do café olho os títulos dos jornais e desloco-me para as confortáveis cadeiras. Dou-me conta que estou num dos meus locais preferidos de Lisboa, Belém. Só eu sei que este romance remonta ao século passado. Desta vez passa pouco das 11 horas e a viagem retoma o seu curso (tenho hora e meia). Ao mesmo tempo que ligo o pc lembro-me que não viajo de comboio há algum tempo, mas porque carga de água estou a pensar nisto.. deve ser a minha alma de viajante a pedir-me algo. E esta banda larga que é uma trampa, vou ter que mudar novamente.. bem vou pedir um sumo de laranja. Sento-me e fico a olhar para tudo enquanto o vista arranca como quem olha para alguém que acaba de conhecer.

5 comentários:

AnaMar (pseudónimo) disse...

vale a pena entrar.
Como vale a pena entrar aqui.


(Com estes dias de fecho, dá-me tempo para me actualizar ;-)

t disse...

Muito obrigado AnaMar pela sua “passagemnotempo” e pelo “julgamento”.
Um Abraço, t

AO disse...

"A human being that was given to fly" (Pearl Jam)
:))

. disse...

High.. flying :))

t disse...

Entrei hoje…