25/03/2012

A gasolina da alma

What

really

matters?

I know

a place

where I've been before………
------------------------------------------------------
Volto ao meu lugar preferido. As mãos tocam na face, o olhar no horizonte. Fixo o momento e caio no interminável. Ao mesmo tempo em que sorvo um sumo de laranja, o vento é passageiro. Aqui o ultra-racionalismo não tem lugar, apenas a vista atordoa-me os devaneios. Uma recriação singular do mundo externo de Deus.
Naquele momento mais puro de abstracção cerro os olhos e o instante enaltece-se. Dura poucos segundos, mas ganho a eternidade da ocasião. Uma passagem pela natureza que configura o bálsamo de vida.

14 comentários:

Sonhadora disse...

António

Bem vindo...tive saudades de te ler e de passar aqui a visitar-te na madrugada...onde por vezes são os lugares do nada...momentos de instantes por ser...enfim...é na noite que me desnudo e que as palavras se soltam como aves vagando no infinito.
Gostei de falar contigo ao som desta música.

Um beijinho de madrugada
Sonhadora

. disse...

Sonhadora, brigada pela partilha!!! O relógio tiquetaqueia os instantes. No entanto, a noite imobiliza-se descaradamente. Infinita é a minha vontade de… do ser. Um pequeno infinito de um dos lados do infinito… As aves vagam na incandescência da luz……
Um beijo noite Antonio

Arwen disse...

Es el amor...solo eso importa y si existe un lugar donde lo haya ahí estará mi alma...besosss con mi ternura.

ana costa disse...

Finalmente de regresso!!!
Fico muito contente que estejas de volta, pois já tinha saudades destes momentos que connosco partilhas...
Beijo amigo

. disse...

Arwen, tus palabras son dulces… cerrando mis ojos… besos y gracias por tu visita!!! Antonio

. disse...

Ana brigada por esta partilha!!! As saudades são todas minhas… por momentos como estes… Beijo Amigo Antonio

Luar disse...

António

Enfim, um retorno!
Como o infinito não tem fim, mesmo que as ausências sejam prolongadas, bate a saudade de voltar aos lugares que já estivemos antes.
Beijinho

. disse...

Sem duvida Luar! Começaria por Moçambique… tenho a certeza que não seria o mesmo se tivesse nascido noutro lugar. Mascaro a saudade, mas acabo sempre por ceder ao apelo de regresso.. Beijinho Antonio

etcétera disse...

*

Sonhadora disse...

António

Não venho trazer um ovo de chocolate,até porque a esta hora é um bocado pesado.
Venho deixar um beijo de madrugada e um afago de Feliz Páscoa.

Beijinho
Sonhadora

. disse...

*

. disse...

Brigada Sonhadora! Deixo tb uma doce emoção: um brigadeiro de chocolate belga… Ah e um cafezinho para acompanhar… Boa semana! Beijo de tarde Antonio

Luna disse...

saudades de passar por aqui. pensei que te tinha perdido e às tuas palavras que me exigem olhares renovados.

. disse...

Ainda bem Luna :) estamos spre em renovação.. as vezes no silêncio da noite, outras.., a ouvir passar o vento...